Série Divergente: Insurgente

113089785_1GGAutora: Veronica Rotch
N° de páginas: 511

Sinopse: Uma escolha poderá destruir tudo! Mais uma inebriante e emocionante história, repleta de reviravoltas, corações partidos, romance e poderosas revelações sobre a natureza humana. Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas.

Em Insurgente, segundo volume da bem-sucedida série de distopia que conquistou os fãs de Jogos Vorazes e alcançou o primeiro lugar na disputada lista dos mais vendidos do The New York Times, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama e a própria vida enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.

Boa noite, leitores! Como estão? Lendo muito? Fim de ano chegando, férias, dá para ler vários livros, uhuhuh!

Bom, hoje trouxe a continuação da Série Divergente, o livro Insurgente. Fiquei tão ansiosa para começar à ler o livro, que eu acho que a expectativa foi tanta, que eu meio que… desanimei. Pois, é! Achei o segundo livro da série um pouco “chato”, no começo foi legal, aí logo depois deu uma “esfriada”, no meio teve algumas partes interessantes, aí logo depois esfriou de novo, aí finalmente, quase no fim do livro, veio a vontade de terminar logo para ver o que iria acontecer. Pois bem. Confesso que acabou com gostinho de quero mais, agora mais que nunca, preciso devorar o terceiro livro.

Como fiquei um pouco desanimada com a leitura, resolvi assistir o filme, e… uau! O filme se superou, achei melhor que o livro, e olha que para eu achar isso, tem que ser bom mesmo! O filme me prendeu de uma forma maravilhada, amei, simplesmente magnífico.

Então, vamos lá!

No segundo livro da série Divergente, Tris e Quatro procuraram refugio na sede da Amizade, mas não por muito tempo.  Caleb, Marcus e Peter estão juntos com eles na sede. O plano agora é como vai ser o próximo passo, a próxima batalha contra a terrível Jeanine. Com isso, o grupo passa a negociar com os grupos dos sem-facção e posteriormente, a Franqueza, em busca de apoio político, abrigo e reforços para a possível guerra, porém, ninguém quer ficar contra os poderes da Erudição.

Depois das discussões e planos colocados no papel, a ideia é avançar contra Jeanine.  Se não fosse a teimosia da Tris (que eu fiquei irritada com ela em algumas partes, pelo fato de não estar nem aí se fosse morrer ou não), acho que nada disse daria certo, claro, ela é a personagem principal, acho que a escritora trabalhou bem essa parte.

Tris cortou o cabelo bem curtinho, enquanto Tobias está um pouco mais… delicado, mais carinhoso e sempre protetor, o que faz com que as fãs do famoso Theo James vão à loucura.

Por incrível que pareça, acabei gostando do chato do Peter, ele foi fundamental para salvar a vida da Tris.

E o irmão da Tris, tô chocada! Não posso falar, mas, genteee! Ahaha (deixarei vocês na ansiedade).

Sobre o pai do Quatro, Marcus, eu ainda acho que tem alguma coisa aí, algo não explicado, talvez ele não é tudo isso que Tobias tem na memória dele, ainda acho que algo vai acontecer, sei lá, só acho.

Nesse livro, a autora começou a soltar os mistérios que envolvem essa Chicago distópica, e a partir daí, começamos a entender o por que da criação das facções e o papel dos divergentes.

Adorei o fim, deixou um gostinho de quero mais, finalmente vamos descobrir o que tem por trás daqueles muros, essa é a minha ansiedade maior. Ok, galerinha! espero que tenham gostado. Gostaria de ouvir a opinião de vocês, beijos! 😀

Frases do livro:

“As pessoas só querem ser felizes, mesmo que isso não seja real.”

“Ele desliza a mão sobre a minha bochecha, com um dedo preso atrás da minha orelha. Depois, abaixa a cabeça e me beija, fazendo um calor se espalhar por todo o meu corpo. Agarro os seus braços, segurando-os ali pelo máximo de tempo possível. Quando ele me toca, o sentimento de vazio no meu peito e estômago tornam-se quase imperceptível.”

“Não se atreva a se desculpar(…) Isso não é algo que você pode curar com uma palavra ou duas e alguns abraços, ou algo assim.”

“Você não tem que sempre bater no rosto das pessoas para mostrar quão forte você é.”

DSCN7846DSCN7845DSCN7851

Anúncios

21 comentários sobre “Série Divergente: Insurgente

  1. Mais um post delicioso! Deu vontade de ler o livro. O seu texto, Karoline, é leve, divertido e as fotos do post estão “top”! São provas de um blog conduzido com dedicação e muito carinho. Adorei!

    • Bom dia, Pedro! Obrigada! Muito obrigada. Você não faz ideia do quanto eu fiquei feliz por ler o seu comentário.
      Nós, blogueiros temos paixão por escrever aquilo que mais amamos, pelos menos eu sou assim, e quando somos reconhecidos, é muito gratificante.
      Que você tenha um bom dia.
      Abraços. 📚📖☺

  2. Gostei do post, quanto ao livro mais ou menos, sinto que a série segue uma rua descendente com um ótimo começo em Divergente, um segundo livro muito bom, mas que já perde um pouco do que nos prendeu no primeiro e um terceiro – bem, é melhor não dar spoilers – mas digo que o primeiro foi o melhor.

    • Bom diaaaa! Pois, é! Senti isso no segundo livro, deu uma “esfriada”. Ainda não li o terceiro, mas… sério? O primeiro ainda é o melhor? 😢😢😢
      Ahaha.
      Vou precisar ler logo para descobrir.
      Obrigada pelo comentário. Um lindo e ótimo dia para você. Beijão! 😙 📖 📚

  3. Eu adoro demais essa série! Embora no terceiro livro você irá ter uma surpresa… que faz com que muita gente não goste… mas é melhor não dar spoilers rs. Confesso que o meu preferido foi o segundo, achei um tanto mais eletrizante e o primeiro pode ser classificado como o melhor da série toda hehe.
    Adorei tua resenha :))
    Beijinhos :*

  4. Quero muito ler essa série! Quis começar e terminar uma série nesse mês e estava em dúvida entre Divergente e Maze Runner e acabei escolhendo Maze Runner que também estou fazendo resenha. A próxima, com certeza, vai ser Divergente! Muito bom o post 🙂

    • Olá, Rodrigo. Então, eu comecei com a leitura da série, por que muita gente estava falando bem, fiquei muito curiosa.
      Divergente é muito bom, vale a pena ler. Lembra um pouco Jogos Vorazes, mais ou menos, algumas coisas.
      Mas é bem legal.
      Agora fiquei curiosa com essa série que você está lendo “Maze Runner, vou colocar na minha fila de proximas leituras.
      Obrigada pelo comentário, abraços. 📖 📚

  5. Pingback: Série Divergente: Convergente | Uma Viagem Apaixonante ♥

  6. Conheci a Saga no ano passado, e resolvi comprar os livros este ano, depois de ter assistido os dois primeiros filmes, então, imagina o tamanho dessa minha decepção. Tava procurando na internet pra ver se o problema era com a minha interpretação, mas não. rs Concordo com TUDO que você disse, e acho que os tios ricos arrasaram na mudança certa ao filme, tem muita coisa desnecessária, a decepção começa que no filme eles colocam o Quatro como o cara que faz diferença, nunca que ele parece ter 18 anos, eles não brigam, é o que faz (quase) nos apaixonarmos por ele, parece um romance solido, onde apesar da teimosia da Tris ele está ali, sempre. Mas no livro não tem nada disso, acho que não foi ver os filmes antes que me fizeram ter essa decepção, achei a Verônica muito viajada, mesmo se nunca tivesse assistido nenhum filme. Verônica, venha cá vamos conversar, conte-me seus problemas, por que fez isso conosco? rs Enfim, com coração apertado digo que prefiro os filmes e o Theo James. haha Beijos :*

    • Ahahah. Olá, Sabrina! Pois é! Fico muito feliz que outras pessoas pensam o mesmo que eu ahahaha. Concordo, ‘Verônica, porque fiz isso com a genteeee?’ 😢😢😢
      Ahahah. Afffff, será que esses escritores não pensam no próximo? Por Deus! 😂😂😂😂
      Beijão, queridona! Muito obrigada pela opinião. 😙😙😙📖📚

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s