Dois a Dois

131859181_1GG

Autor: Nicholas Sparks
N° de páginas: 501

Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russ perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva e a se abrir para antigas e novas emoções. Lançando-se nesse universo desconhecido, Russ embarca com London numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que testará suas habilidades e seu equilíbrio emocional além do que ele poderia ter imaginado. Em Dois a dois, Nicholas Sparks conta a história de um homem que precisa se redescobrir e buscar qualidades que nem desconfiava possuir para lutar pelo que é mais importante na vida: aqueles que amamos.

Incrivelmente maravilhoso. Não é estranho falar essas palavras quando nos deparamos com histórias do Nicholas Sparks. Mas Dois a Dois é lindo, envolvente, apaixonante e, o melhor, é realista, nos fazendo perceber que nem tudo na vida é perfeito, nem tudo é como queremos, por mais que nos esforçamos, e nem sempre, tudo termina com um final feliz.

A história é diferente das contadas pelo autor. Nada de uma viagem no mundo do romance entre homem e mulher, mas sim, de um pai com uma filha. Claro que tem relacionamento de casal na história, porém, o foco principal é de um homem – pai e marido, fazendo de tudo para dar certo. Mas nem sempre as coisas saem como o planejado. E foi isso que prendeu a minha leitura. Realmente, vale a pena, mais uma vez, poder viajar nas histórias do Nicholas. 2bc6dbb6-9441-4b5e-a208-f6ac0faecec9

No decorrer das páginas nos deparamos com o esforçado Russ. Com um trabalho estressante e acima de tudo chato, ele decide que a melhor solução é abrir o próprio negócio. Porém, as coisas vão ficando mais difíceis porque não é fácil ganhar cliente da noite para o dia, por isso, sua esposa, que até então ficava em casa cuidando da filha, começa a trabalhar fora, e isso começa a mudar completamente a vida dois dois. Russ passa a ficar responsável pela casa, lavando louças, limpando, fazendo comida, levando a filha às aulas, enfim, todos os afazeres que uma mulher tem no dia a dia. Com o tempo, Russ percebe que a esposa está distante, e semanas depois, descobre o motivo.

Tudo na vida dele pareceu desabar. Ele não entendia o que havia feito de errado para que a esposa tomasse essa decisão. Nesse tempo, ele se vê sobrecarregado ainda mais. Enquanto a mulher se mudou para outra cidade, ele ficou com a filha, a London, seu bem mais preciso, e começou a se adaptar a uma rotina totalmente diferente, mas que jamais trocaria, já que estava ao lado de sua filhinha.

Além de Russ, personagens como sua irmã Marge e uma antiga namorada, a Emily, são destaques. Bom, o final é emocionante, no mínimo, você vai ficar com o coração apertado.

Sabe, Dois a Dois é um livro que deveria ser lido por muitos homens. Na nossa realidade, é muito difícil (na verdade nunca vi) ver homens sendo como o Russ. É complicado, mas não é impossível.

O livro é lindo e vale cada minuto de leitura.

Frases do livro:

É esse meu segredo. Ou melhor, nosso segredo, e acho que eu tive sorte, pois ninguém deveria ser obrigado a atravessar a vida sozinho.

Meu amor por London jamais estivera em questão. O que eu agora compreendia era que também gostava dela, não só como minha filha, mas como a menina que só pouco tempo antes passara a conhecer.

Quantas pessoas têm a sorte de se casar com o melhor amigo?

DSCN9576

 

Anúncios

Um mais um

132516244SZN° de páginas: 319
Autora: Jojo Moyes

Sinopse: As coisas andam ruins para Jess Thomas. Muito ruins. O marido se mandou. Ela tenta sustentar os dois filhos trabalhando em dois empregos. Sempre foi otimista. Sempre fez tudo certo. Como seria se, só uma vez, ela fizesse algo definitivamente errado, mas que poderia fazer toda a diferença para eles? Ed Nicholls é um milionário do ramo da tecnologia cuja vida está desmoronando quando ele se depara com Jess e a família na beira da estrada. Em um ato de generosidade (talvez o primeiro de sua vida), ele concorda em lhes dar a carona que poderá mudar para sempre a história de Jess. Tem início então uma viagem engraçada e romântica, repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. Em Um mais um os opostos se atraem e duas pessoas ferozmente independentes aprendem que é possível encontrar o amor nos lugares mais improváveis. Jojo Moyes mostra seu melhor nesse livro envolvente e emocionante, relançado agora pela Intrínseca com capa inspirada na identidade visual de todas as obras de sucesso da autora. 

Jojo Moyes. Quando nos deparamos com o nome da escritora temos a certeza que que uma história incrível está por vir, e, ‘Um mais um’, não é diferente. O livro é simplesmente cativante, com personagens extraordinários. O melhor, eles fazem a gente dar risada, mesmo em uma situação difícil. Fiquei apaixonada pela história, acredito que você também irá gostar. 😉

Bom, ‘Um mais um‘ conta a história da esforçada Jess Thomas, que tem uma filha, a Tanzie, e um filho, o Nick, não por parte de sangue, mas que é fruto de um relacionamento do ex-marido dela. Jess é uma mulher guerreira e faz de tudo para dar aos filhos o que comer e vestir, porém, a dificuldade financeira é muita. Mas, tudo começa a mudar quando ela conhece o dono da casa que ela faz faxina, o Ed, que também tem vários problemas com o emprego dele, que a qualquer momento poderá ser preso. DSCN9367

Certo dia, Tanzie, a filha de Jess, que é muito, mas MUITO boa em matemática, precisa ir para outra cidade fazer uma prova, e quem conseguir uma boa nota vai receber um prêmio, que é em dinheiro, o que iria ajudar bastante a vida difícil da família Thomas. Porém, é aí que surge o problema. Ir de ônibus seria muito caro, e Jess não teria dinheiro suficiente, e a última alternativa seria o carro velho, com seguro vencido. Mas, sem nem mesmo sair da cidade, acontece um probleminha, e é aí que aparece o Ed e oferece carona para os três. Então, começa uma viagem engraçada e romântica, repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos.

Simplesmente ameiii. Um mais um mostra que nem sempre podemos ter o que queremos, nem sempre as coisas saem do nosso jeito e nem sempre nos orgulhamos de fazer escolhas erradas, mas, que podemos nos arrepender e tentar mudar para melhor.

Outros livros da Jojo: Como eu era antes de você – Depois de você – A última carta de amor – A garota que você deixou para trás – Em Busca de Abrigo

Frases do livro

Quanto mais se faz, mais perto se chega. Ou, como explico para minha mãe, às vezes, basicamente, só precisamos insistir.

Jess sentia uma certeza silenciosa de que tudo daria certo. Não que Ed fosse fazer tudo dar certo, pois ele tinha os próprios problemas para lidar, mas, de algum modo, a soma dos dois resultaria em algo melhor. Eles fariam tudo dar certo.

Não podia acreditar que perder alguém que conhecia há tão pouco tempo pudesse ser como perder uma parte de si mesma, que isso pudesse fazer a comida ter um gosto estranho e as cores parecerem sem graça.” 

Às vezes, dizia a si mesma, a vida era uma série de obstáculos que tinham de ser contornados possivelmente por um mero ato de vontade.

DSCN9360

Uma curva no tempo

122631118_1GGN° de páginas: 235
Autora: Dani Atkins

Sinopse: A noite do acidente mudou tudo… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim… Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

Olá, leitores, como estão? Bom, a resenha de hoje é sobre o livro ‘Uma curva no tempo’. Eu só descobri esse livro depois de ler sobre ele em algum blog, que agora eu não lembro qual é, e fiquei curiosa, já que falava muito bem dele. Pois bem, li, e… não que eu não tenha gostado, mas, gente, por que um final assim? Se você lá leu Uma curva no tempo, deixei seu comentário, por favor. Sinceramente, jamais esperava que seria assim. Na verdade, espera algo que resolveria o problema de todos. Porém, a autora preferiu ir um pouco além do que deixar a gente feliz, ou melhor, bem além… Paro por aqui para não estragar a surpresa para você que ainda não conhece a história.

No livro a autora relata a história de uma jovem, de 18 anos, que em um encontro entre amigos, na despedida para a universidade, um trágico acidente mata o melhor amigo de Rachel, o Jimmy, e isso faz com que ela seja a pessoa mais infeliz do mundo. Cinco anos depois desse acidente, Rachel resolve voltar para sua cidade natal para ir ao casamento da melhor amiga. Mas certo dia, ela se vê em uma cama do hospital e nada do que tinha acontecido nos anos anteriores era verdade, ou melhor, nada daquilo tinha acontecido, pelo menos para todos que estavam ao seu redor.

Mas para Rachel, o que ela havia vivido nos anos anteriores era muito real. Aí, a luta é saber o por que ela não lembra de nada e começa uma jornada para descobrir o motivo do esquecimento, por que ela não lembrava das coisas que viveu e por que nada fazia sentido. Mas, nesse decorrer do tempo, Rachel começa a enxergar as coisas de uma forma mais diferente, vendo que essa vida poderia ser melhor do que aquela outra que parecia não fazer parte dela.

Porém, depois de um longo caminho percorrido, chega o final, o temido final que eu não gostei. Sério mesmo, não poderia ter sido diferente? Tipo, um final que todos ficassem felizes? Principalmente, nós, leitores? Estou indignada até agora, ahahaha.

Bom, apesar do final, indico o livro. É uma história envolvente, nada cansativa e a leitura é bem agradável, com um final emocionante.

Frases do livro:

Atrás dos médicos, a enfermeira começou a chorar em silêncio.

Ele fitou me fitou com seus olhos cálidos. De repente, eu não sentia frio algum.

E esse é o motivo por que você nunca deve guardar segredos de sua melhor amiga. Porque nunca se sabe quando se vai ter amnésia e precisar que ela preencha as lacunas!

Eu vinha sorrindo muito nos últimos dias. Todo minuto passado com Jimmy me enchia de tanta alegria e felicidade que ele parecia ser mais necessário à minha existência do que o ar que eu respirava.

DSCN9334

O Morro dos Ventos Uivantes

O Morro dos Ventos UivantesEscritora: Emily Brontë
N° de páginas: 521

Sinopse: O Morro dos Ventos Uivantes (1847), obra-prima da inglesa Emily Brontë, é um dos grandes clássicos da literatura mundial. Adaptado para o cinema inúmeras vezes, a história do amor intenso e turbulento entre Cathy e Heathcliff continua a arrebatar os leitores década após década. A narrativa se desenvolve na região inóspita onde se encontra a mansão que dá nome à obra, e possui traços góticos que aproximarão o leitor moderno. Cathy e Heathcliff desenvolvem, logo que se conhecem, uma afinidade que ultrapassa as convenções sociais, as diferenças de gênero e até a morte.

Olá, leitores, como estão? A resenha de hoje é sobre um livro que eu sempre tive vontade de ler, porém, eu ia deixando passar, já que a lista de novas obras sempre vinham na frente. Maaas, chegou um momento que que realmente fiquei muito curiosa para saber como era a história desse livro, já que a obra foi publicada no ano de 1847.

É uma pena que Emily Brontë não tenha vivido tempo suficiente para poder acompanhar o sucesso de seu livro, já que um ano depois, no dia 19 de dezembro de 1848, Emily morreu de tuberculose, aos 30 anos. Diferente dos escritores que relatam o passado em seus livros, como Lucinda Riley, O Morro dos Ventos Uivantes, realmente foi escrito  no passado, o que deixa a história ainda mais interessante, não apenas pelo fato de ser o clássico O Morro dos Ventos Uivantes, mas por saber que as características da história, são verdadeiras, como realmente aconteciam no passado.

Bom, confesso que no início da leitura achei um pouco cansativo, já que é uma confusão de personagens e a forma de narração meio complicada, porque que em algumas partes, muda o personagem e vamos descobrir um pouco depois que era ele que estava falando. Mas, com o passar das páginas, vamos se adaptando e se deliciando com cada palavra.

O Morro dos Ventos Uivantes envolve principalmente Cathy e Heathcliff. Uma menina que gosta de tudo do jeito dela e um menino quieto, mas amável, que fazia de tudo para agradar sua amada Cathy. No começo da narratória fiquei com pena, já que um menino pobre dificilmente se envolveria com uma dama. Mas, a história mostra que o amor, pode mudar uma pessoa, e foi o que aconteceu com Cathy e Heathcliff.

Os dois foram criados na mansão que dá nome à obra, e com o passar dos anos, Cathy conhece uma pessoa e resolve se casar com ela, mas quando Heathcliff  descobre sobre isso, fica arrasado e simplesmente some, voltando alguns anos depois. E, depois desse retorno é que não conhecemos mais aquele menino quieto, que até então era uma pessoa boa, e se transforma em alguém sem coração, a não ser o amor eterno pela própria Cathy. Sem ela, a vida dele não tem mais sentido, e isso faz com que ele seja a pior das pessoas, maltratando e humilhando a todos que estão ao seu redor.

Também vamos nos envolver demais com Nelly, já que ela é a âncora da história, ao relatar como tudo aconteceu com os personagens e por estar envolvida com cada um deles. Já o final, acredito que não poderia ser diferente. Heathcliff, pelo menos, teve o que se sempre sonhou (claro que não posso dizer como isso aconteceu, já que estragaria todo a curiosidade para quem quer ler O Morro dos Ventos Uivantes), mas, acredito que, a forma foi um pouco diferente, mas no fim, conseguiu o que sempre quis. Mesmo a escritora não especificando isso, nos leva a crer que foi o que aconteceu.

Diferente dos livros que lemos atualmente, onde as frases estão sempre bem explicadas, O Morro dos Ventos Uivantes é um pouco mais delicado, porém, não menos interessante. Com certeza indico, e acho que todo leitor deveria ler.

Frases do livro:

Se olho para essas lajes, vejo nelas gravadas as suas feições! Em cada nuvem, em cada árvore, na escuridão da noite, refletida de dia em cada objeto, por toda a parte eu vejo a tua imagem! Nos rostos mais vulgares dos homens e mulheres, até as minhas feições me enganam com a semelhança. O mundo inteiro é uma terrível testemunha de que um dia ela realmente existiu, e eu a perdi para sempre..

“Tu me amavas… que direito tinhas então de me deixar?” 

“Oh, meu Deus, é impossível! Eu não posso viver sem a minha vida! Eu não posso viver sem a minha alma!”

78e9023f-8462-4119-bac3-a331fdcd81a4

Confesse


download N° de páginas: 318
Autora: Colleen Hoover

Sinopse: Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Como não se encantar com as histórias da Colleen? Impossível não se apaixonar. É o terceiro livro que leio da autora, os outros dois foram Nunca Jamais e Nunca Jamais – parte 2, e eu simplesmente fiquei encantada, com vontade de terminar logo a leitura para saber o que iria acontecer, e ao mesmo tempo, querer não terminar para poder aproveitar um pouco mais da história.

No “Confesse”, a autora conta a história de Auburn Reed, uma garota determinada e muito forte, que logo completará 21 anos de idade. Depois de ser obrigada a mudar de cidade e ao procurar um emprego, Auburn se depara com um estúdio de artes em Dallas, onde tinha um anúncio que estava precisando de alguém para trabalhar. Imediatamente, Auburn, mesmo um pouco indecisa, entra no local e encontra Owen Gentry, um rapaz que deixou uma primeira impressão estranha. Mas aos poucos, eles vão se conhecendo mais e mais e gostando cada vez mais das qualidades e defeitos um do outro. Porém, como nada é perfeito, um policial nada legal vai fazer de tudo para afastar Owen de aurbun, o que é triste demais.

Quanto mais conhecemos Owen, mais amamos cada pedacinho dele, e quanto mais ficamos sabendo do passado de Auburn, mais torcemos para que os dois fiquem juntos, já que eles se merecem.

Também fiquei encantada com a ideia dos papéis deixados no estúdio de Owen. E, claro, a ideia genial que ele tem depois que recebe eles. Alguns nada legais, mas outros adoráveis. Com certeza este livro entrou na minha lista de favoritos.

Frases do livro ♥♥♥

“A verdade faz menos sentido do que a mentira, e eu nem sei com qual devo lidar.”

“Ela é como a luz, involuntariamente iluminando os cantos mais sombrios da alma de um homem.”

“– Eu amarei você para sempre. Mesmo não podendo. – E eu amarei você para sempre. Mesmo não devendo.”

20180122_164844

20180115_230715.jpg

No seu olhar

126102379_1GGAutor: Nicholas Sparks
N° de páginas: 417

Sinopse: Filha de imigrantes mexicanos, Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem-sucedida que aprendeu cedo o valor do trabalho duro e de uma rotina regrada. Porém um trauma a faz questionar tudo em que acreditava e voltar para sua cidade natal, a pequena Wilmington. A cidade também é o lugar que Colin Hancock escolheu para se dar uma segunda chance. Apesar de jovem, ele sofreu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Também cometeu sua parcela de erro e magoou mais gente do que gostaria. Agora está determinado a mudar de vida, tornar-se professor e dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve. Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas um encontro casual durante uma tempestade mudará o rumo de suas histórias. Ao confrontar as diferenças entre os dois, eles questionarão as próprias convicções. E ao enxergar além das aparências, redescobrirão a capacidade de amar. Porém, nessa frágil busca por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma série de incidentes suspeitos que reaviva antigos sofrimentos. E quando um perigo real começa a se impor, Colin e Maria precisam lutar para que o amor sobreviva. 

Olá, galerinha mais amada do Brasil! A resenha de hoje é sobre uma história de amor, com uma pitada de ação e muito suspense. Difícil acreditar que um livro do tio Nicholas seja assim, já que geralmente temos histórias de amor sofridas. Pois é, “No seu olhar” o escritor trás a história de uma advogada, a Maria Sanchez, que conhece um rapaz totalmente diferente dela, o Colin Hancock.

Sempre no seu cantinho, tímida e muito dedicada, Maria conhece Colin quando ela estava parada, tentando resolver um probleminha no carro, diante de uma chuvarada. Colin, rapaz sério, com um bom coração, mas muito impulsivo e, digamos que, explosivo. aparece para ajudar. Maria só queria distância dele, já que a aparência de Colin não era das melhores. Com o olho roxo por causa de uma briga, Colin parecia mais um bandido do que o que ele realmente é, um cara gente boa pra caramba!

Graças a uma ajudinha da irmã Selena, Maria se aproximou de Colin e aí o amor começa a aparecer. Porém, durante esse início de romance, Maria se vê em uma situação de risco, já que alguém está ameaçando ela e muitos acontecimentos no seu trabalho vão deixar Maria de cabelo em pé. Colin, todo protetor, vai fazer o possível e o impossível para proteger sua amada.

Outros dois personagens que eu achei fofíssimos foram Evan e Lily, um casal extremamente amado!

Colin surpreende qualquer um pela coragem, pelo bom coração e por ser uma pessoa protetora – até demais.

Diferente dos outros livros, onde já sabíamos o que esperar do autor, No seu olhar foi uma surpresa, já que eu não imaginava o que iria acontecer, somente nas últimas páginas que entendemos o “x” da questão. Por isso, neste livro, nada de tristeza e nada de história melancólica. ‘Certo‘, não preciso nem dizer que recomendo, né?

Frases do livro

Colin era.. magnético. Era a palavra que havia saltado em sua cabeça enquanto tomava banho.

– Você é um homem interessante, Colin.
– Tem sido uma vida interessante – admitiu ele. – Mas você também é interessante.
– Acredite, sou a pessoa menos interessante do mundo.
– Talvez. Talvez não. Mas você ainda não fugiu de mim.
– Ainda posso fugir. Você é meio amedrontador.
– Não, não sou.

Pela primeira vez em muito tempo pensou em ligar para os pais. Não sabia por quê, mas presumiu que tivesse a ver com o modo como Maria falava sobre os pais dela e como se davam bem. Imaginou como sua vida poderia ter sido diferente se ele fosse criado numa família como a dela.

20171112_103145

A Árvore dos Anjos

download (1)N° de páginas: 493
Escritora: Lucinda Rikey

Sinopse: Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical… mas que esconde um lado sombrio. Da aclamada autora da série As Sete Irmãs, A árvore dos anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo.

Olá, queridos leitores, hoje a resenha é da incrível escritora Lucinda Riley. Não tem como não se apaixonar pelas histórias dela. A árvore dos Anjos não foi o meu livro preferido da escritora, porém, não tem como não se envolver. Diferente dos outros livros, Lucinda nos leva para uma dramática história que envolve mãe, filha, fama e um amor verdadeiro, que, se for possível, esperará a vida inteira para poder ficar ao lado da pessoa amada.

Bom, A Árvore dos Anjos relata a história da pobre Greta que não teve uma vida nada fácil. Depois de engravidar, ela, que imaginava estar com sua vida resolvida, acaba se desmoronando. Mas, graças ao querido David, Grace pode ter a chance de sonhar novamente com uma vida feliz. Mas muitas coisas acontecem anos após Grace dar à luz. Seu mundo, que novamente parecia estar se ajeitando, desaba após um acidente que a faz perder a memória.

Durante muitos anos ela ficou reprimida e escondida em seu próprio mundo, já que não lembrava de nada do seu passado, até, durante a época de Natal, Grace vai passar a data especial em  Marchmont, local que viveu por um bom tempo. E, durante um passeio no bosque da propriedade, ela encontra uma sepultura, que é onde tudo começa a fazer sentido e Grace começa a lembrar coisas de seu passado. Como ela viveu antes de esquecer a memória, como aconteceu o acidente e como David é uma pessoa especial, que sempre esteve ao seu lado.

Durante o desenrolar da história, conhecemos alguns personagens incríveis, como a Ava, linda Ava, que não merece a mãe que tem. Também conhecemos a Cheska, filha da Grace, que vamos confessar, que raiva dessa menina, SENHOR! Quanta coisa ela fez sua mãe passar.

Também conhecemos a amada Mary, que a vida inteira foi a responsável em cuidar da enorme casa em Marchmont. Além, é claro, da fofíssima LJ, mãe do David. O livro realmente é encantador, ótimo para ler e, já vou avisando, é viciante!

Outros livros da escritora ♥♥A Garota do Penhasco – As Sete Irmãs – A irmã da tempestade  – A Irmã da Sombra – A Luz Através da Janela – A Casa das Orquídeas – A Rosa da Meia-Noite – A Garota Italiana

Frases do livro

“Sei por experiência própria que manter o coração trancado num canto, só por ele ter sido ferido no passado, não é a resposta”

“O amor é uma coisa muito estranha, Cheska. Ele pode mudar sua vida, fazer você fazer coisas que, à luz do dia, você saberia que estavam erradas”

86c97f11-193d-44ca-83ca-568930517ceaedb075d9-64a9-4d42-a0e5-ab35e42a7e9f