Grey

123158545_1GGAutora: E L James
N° de páginas: 521

Sinopse: Christian Grey controla tudo e todos ao seu redor. Seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido. Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Boa noite, leitores! Como estão? Bom, não sei vocês, mas o meu carnaval foi comemorado com muita leitura, ahaha.

A resenha de hoje é do livro tão esperado pelos amantes da série “Cinquenta Tons de Cinza”, a versão do Christian Grey, aquele homem que tornou sonho de consumo de muitas mulheres. Apesar de não agradar a todos, a série passou a ser o assunto mais comentado do mundo nos últimos anos. Bom, eu estava muito ansiosa para poder saber o que se passava na cabeça do Grey, pois bem, a autora atendeu os fãs e escreveu.

Posso dizer que eu fiquei maravilhada por saber detalhes da vida do Grey, o seu jeito perfeito, ter tudo no seu devido lugar, principalmente a sua linda e amada Anastasia Steele. O livro conta exatamente a história conforme a trilogia.

“Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos…”

Bom, apensar de adorar relembrar os detalhes dessa história e saber dos pensamentos do Grey, achei que a autora deveria fazer um livro contando a história dos três, ele acabou exatamente conforme o primeiro livro da trilogia.

Gostaria muito de saber o pensamento dele até o final dos livros. Confesso que quando foi chegando no fim das páginas, começou a ficar cansativo, por que eu já sabia o que iria acontecer, e saber que 1 – talvez a autora vai publicar os outros dois, ou 2 – a história acabou assim mesmo. Sabe, não tenho vontade de comprar um livro só para saber a continuação, achei que já sabendo como ele reage no primeiro livro, para mim está ótimo, sei lá…

Enfim, apensar dos pontos negativos, eu indico o livro, saber um pouco mais do mundinho do Christian Grey foi fantástico! Adorei a forma como ele fala os palavrões e o seu jeito perfeccionista, ri algumas vezes no livro, vale a pena. ♥ ♥ ♥ 

Frases do livro:

“- Você é gay, Sr. Grey?”
Que porra é essa?
Eu não acredito que ela disse isso!

Eu tenho a súbita vontade de arrastá-la para fora do seu assento, inclina-la sobre meu joelho, espancá-la, e depois transar com ela sobre a minha mesa com as suas mãos amarradas atrás das costas.

“Ela é tão jovem. Ela é tão inexperiente, mas, merda, eu gosto de sentir a mão dela junto a minha.”

DSCN8152DSCN8150DSCN8158

Anúncios

Dançando sobre cacos de vidro

DANÇANDO SOBRE CACOS DE VIDRONome do autor: Ka Hancock
N° de Páginas: 329

Sinopse: Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles. Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente. Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética. Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor. Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

Bom dia, leitores! Como estão? 

A resenha de hoje é incrível! O livro “Dançando sobre cacos de vidro” é uma história linda e ao mesmo tempo triste. Quem me indicou essa prazerosa leitura foram as meninas: Lidiane, Ana Carolina e a Priscila. Obrigada pela indicação, meninas! ♥ ♥ ♥

Poderia ficar olhando para a capa do livro durante horas. Depois que você lê o livro, sente como se conhecesse perfeitamente os personagens e principalmente a capa, que é simplesmente comovente. A história é linda, triste e ao mesmo tempo supera muitos desafios que a vida lhe dá.

Lucy Houston, juntamente com as suas irmãs, Lily e Priss, vivem preocupadas com um histórico familiar de câncer de mama. Lucy conhece Mickey Chandler que tem um grave transtorno bipolar, os dois acabam se casando e sabem , que isso não deveria acontecer, pois a dificuldade seria extrema. Mas, como o amor é mais forte que qualquer barreira, eles sedem isso ao destino, construindo um lar. Com muitas crises, Mickey às vezes se transforma em outra pessoa, alguém horripilante, mas Lucy é forte o bastante para suportar qualquer desafio que a vida dá. No seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. Mas, como nada na vida é perfeito, depois dessa notícia maravilhosa, Lucy vai descobrir algo que a deixa-rá arrasada. Mickey parece não suportar e não entende a decisão da sua amada, querendo por um fim na sua vida.

As irmãs, Lily e Priss são fundamentais na autoajuda da irmã. Lucy tem uma força invejada, simplesmente linda. Uma mulher guerreira que olha a felicidade dos outros antes de si mesma. Imagino o esforço que os dois tiveram – Lucy e Mickey, as barreiras que precisaram passar, as dificuldades, as tristezas e felicidades.

Dançando sobre cacos de vidro é uma história de amor delicada. Uma leitura fácil que você consegue imaginar cada passo dos personagens. Se preparem para as lágrimas, elas vão vir, pode ter certeza. 😉 Para quem gosta de livros de superação, amor incondicional, o livro é perfeito.

Frases do livro:

“– Lucy, todo casamento é uma dança: complicada às vezes, maravilhosa em outras. Na maior parte do tempo não acontece nada de extraordinário. Com Mickey, porém, haverá momentos em que vocês dançarão sobre cacos de vidro. Haverá sofrimento. Nesse caso, ou você fugirá ou aguentará firme até o pior passar.”

“(…) Quem junta os pedaços quando você desmonta?”

“Precisa dele tanto quanto ele precisa dela, e toda essa necessidade é o que Deus concede a nós, seres imperfeitos.”

“Ainda assim, minha rotina é a mesma — recebo a boa notícia, agradeço a Deus e sigo em frente com a minha vida. Mas só até chegar a hora de me preparar para a consulta seguinte e pesar mais uma vez as estatísticas, que são desoladoras.”

Dançando sobre cacos de vidro Dançando sobre cacos de vidro Dançando sobre cacos de vidro

Até a próxima! 🙂

Despertar – A Bandeja

DESPERTAR - BANDEJAAutora: Lycia Barros
N° de páginas: 234

Sinopse: Aos 18 anos, Angelina está prestes a viver o maior desafio de sua vida até agora: sair de Petrópolis para estudar no Rio de Janeiro, deixando para trás os cuidados e a proteção de seus pais. Assim que se instala na república de estudantes e começa a assistir às aulas, a jovem percebe que as dificuldades serão muitas. Ela divide um quarto com uma colega desorganizada, frequentadora assídua de festas e chopadas e que vive cercada de más companhias. Além disso, as condições das instalações da faculdade são precárias, e grande parte dos professores, descomprometida. Angelina já está desanimando de sua nova vida quando esbarra no lindo Alderico ou Rico , um cara capaz de fazer qualquer garota perder o fôlego. O que ela não poderia imaginar era que Rico, seu professor de linguística, se interessaria por ela também. Deslumbrada com a descoberta da paixão e certa de que Rico é seu grande amor, Angelina se joga de cabeça nessa relação, ignorando todos os conselhos que recebera dos pais a vida toda. Ao mesmo tempo começa a ter sonhos que não consegue entender: homens lhe oferecem objetos numa bandeja e, logo depois que ela os aceita, eles se transformam em feras e somem numa floresta. Primeiro volume da série Despertar, A bandeja é um romance arrebatador, que retrata os dramas e as provações pelos quais qualquer jovem passa quando se afasta de sua essência até trilhar de volta o caminho do amor verdadeiro e de Deus.

Olá, leitores, como estão? Hoje eu trago a resenha desse livro brilhante da escritora, Lycia Barros, ela é brasileira, o que me deixa muito feliz,uma escritora talentosa aqui no nosso país. A história é magnífica, é algo que pode acontecer com qualquer pessoa, não tem nada de fantasioso, algo impossível de acontecer, e sim, algo que poderia acontecer com você, por exemplo.

Angelina acredita muito em Deus, religiosa, é uma filha exemplar. Aos 18 anos ela se muda para o Rio de Janeiro para fazer faculdade, onde ela divide o quarto com a companheira, Michele. No começo elas vão se estranhar – e muito, mas aos poucos, uma vai se encaixar na outra. Angelina conhece um homem charmoso, que por coincidência é seu professor, que se chama Rico – Alderico. Angelina se apaixona perdidamente pelo lindo homem, deixando de lado todos os conselhos dos seus pais, mas com o tempo, ela descobre coisas horríveis dele, o que vai fazer da sua vida um mar de tristeza. Mas com a ajuda de Deus, com muitas orações, ela consegue se reerguer novamente.

Algum tempo depois aparece o Dante, irmão da sua melhor amiga. Dante vai ser uma peça fundamental na vida de Angelina, ajudando a superar as suas tristezas – particularmente, que menino fofo! Tenho certeza que vocês vão se apaixonar por ele, um rapaz mudado e com um coração fora do normal.

Eu adorei o livro, ele fala muito de Deus, o que te da paz quando lê e faz pensar sobre muitas coisas da vida. Ele te hipnotiza, querendo saber o que vai acontecer na outra página, super-recomendo.

Frases do livro

“Acho incrível que as pessoas que menos querem parecer com os pais são as que ficam mais semelhantes a eles.”

“– Como eu estava dizendo, Deus abomina o pecado, mas ama o pecador. Jesus é amor, e esse sentimento é a sua essência. É importante que vocês entendam que não há nada que vocês possam fazer para que Deus os ame menos ou mais.”

“– Quando tudo isso acabar, vamos continuar de onde paramos.
Eu queria beijá-lo ali mesmo, mas o nosso primeiro beijo tinha que ser especial, não corrido, por isso me contive.”

DSCN7809

Até a próxima. 😉 

apenas um ano

APENAS_UM_ANOAutora: Gayle Forman
N° de Páginas: 350

Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro. Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi, 
Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

Olá, leitores! Hoje trago a resenha do livro, apenas um ano da Gayle Forman, ele é continuação do livro, Apenas um Dia – resenha aqui . Eu estava hiper, mega ansiosa para poder ler a continuação da fascinante história dos personagens, Lulu e Willem. Se você ainda não leu o primeiro livro, recomendo não ler essa resenha, pois acabará revelando o suspense.

Apenas um ano conta o lado da história do Willem, diferente do primeiro que a narrativa é por conta da Lulu – Allyson. Descobrimos o que Willem fez durante esse um ano que os dois se desencontraram. No final, somente no finalzinho – que me deixou de cara, descobrimos a reação do Willem quando viu Allyson na porta de casa. Diferente dos livros que já li, esse eu já sabia o final, na verdade, todos nós sabíamos, achei um pouco cansativo, – pensei que seria melhor, sei lá, por que o que eu realmente queria, era ver Lulu e Willem juntos, mas, o final acaba um pouco vago.

Da mesma forma que Allyson tenta encontrar Willem, ele faz o mesmo, mas o destino não é nada favorável para esse reencontro.O pior é que Allyson está fazendo o mesmo, tentando achar ele, e ele nem imagina nisso. Com o decorrer das páginas, descobrimos o quanto Willem é sozinho, e por ser um aventureiro, tem um coração mole que precisa de muito carinho e amor.

Assim como o primeiro, o livro termina com o reencontro dos dois. E acreditem, tem a continuação do livro, mas ainda não chegou no Brasil e nem sabemos se vai chegar 😥 – essa é a capa. 22021611

Frases do livro:

Há uma diferença entre perder algo que sabia ter e perder algo que se descobriu ter. Uma é decepção. A outra é perda de verdade.

Não sabemos que queremos algumas coisas até o dia em que as perdemos. Outras, pensamos querer, mas não entendemos que já as temos.

DSCN7561 DSCN7555

Beijos, até a próxima! 🙂

Apenas um Dia

APENAS UM DIAAutora: Gayle Forman
N° de Páginas: 382

Sinopse: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos. Uma aventura fantástica e imprevisível, que emociona e desperta a imaginação.

Bom dia, leitores! Adoro fazer post de livros que são ótimos, sendo assim, hoje trago a incrível história do livro Apenas um Dia, da autora Gayle Forman, para quem ainda não conhece, ela escreveu o livro, Se eu Ficar que fez o maior sucesso, virou filme e tudo, (para quem quiser, a resenha está aqui: Se Eu Ficar ). E, fico muito feliz por não me decepcionar com nenhum livro dela, até o momento. Apenas um Dia é uma história cativante, que nos prende com a leitura, algumas páginas (que são poucas) que ficam chatas, mas depois, compensa. O livro tem continuação, não vejo a hora de ler (já pedi o meu e estou esperando chegar, CHEGA LOGO! Ahaha).

Como de praxe, a autora conta a história de uma garota e um rapaz, mas, aqui as coisas mudam um pouco, não temos um final feliz, ou podemos dizer, quase feliz.

Allyson Healey é uma garota organizada e inteligente que estava fazendo um curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem, um jovem ator que estava apresentando uma peça do Shakespeare. Depois da apresentação, cada um foi para um lado, e, como um acaso ou destino, os dois se encontram novamente no trem. Conversa vai, conversa vem e os dois decidem ir para Paris e passar apenas um dia. Como num sonho, Allyson que passou a se chamar Lulu, se diverte como nunca e se encanta cada vez mais com o desconhecido ator Willem, mas como num passe de mágica, tudo isso acaba.

Allyson volta para a realidade, deixando a sua aventura para trás, deixando Willem para trás, deixando Paris para trás. Uma história sem fim e com muitas perguntas não respondidas. Depois que Allyson voltou, ela se transformou em outra pessoa, uma menina rebelde e sem papas na língua. Mas como o amor é maior e mais forte, ela vai ter coragem de enfrentar Paris novamente e tentar responder as perguntas sem respostas que foram feitas há um ano.

Além dos personagens principais, temos outros que fizeram o livro ficar divertido:

Dee: Um garoto que estuda com Allyson e que vai deixar os seus dias mais alegres e interessantes;
Céline: A francesa irritante que deixa Allyson morrendo de ciúmes e raiva;
Melaine: A melhor amiga de Allyson, pelo menos durante um tempo, mas, como tudo muda, a amizade delas também fica diferente.

Como sempre, a autora deixa um final, tipo… Ohhh! Com um ponto de interrogação, ou exclamação. Vontade de ler urgentemente o outro livro para saber o que vai acontecer, como essa história vai acabar. Conforme as páginas vão passando, nos apaixonamos cada vez mais pelos dois, nos apegando à Allyson e Willem. Adorei o livro e super-recomendo essa história fascinante que nos ensina a não desistir dos nossos sonhos e muito menos do nosso amor, se temos algo que queremos muito, vamos atrás, não sabemos o que vamos encontrar, mas temos uma possibilidade gigante de dar tudo certo.

Frases do livro ♥

“- Por ora, o tempo não existe. É o que Jacques disse… fluido?
– Fluido – repito, como um encantamento. Se o tempo pode ser fluido, então talvez algo que seja apenas um dia possa continuar para sempre.”
“Parte de mim sabe que mais um dia não servirá para nada além de postergar o coração partido. Mas outra parte de mim pensa diferente. Nascemos em um dia. Morremos em um dia. Podemos mudar em um dia. E podemos nos apaixonar em um dia. Qualquer coisa pode acontecer em um dia.”

DSCN7543 DSCN7542

Até a próxima! 🙂 

As Sete Irmãs

Autora: Lucinda Riley
N° de páginas: 559

as-sete-irmas.jpg.1000x1353_q85_cropSinopseElas eram seis irmãs. Crianças vindas de lugares distantes, transformadas em família por um homem misterioso. Unidas pelo amor e pelas dúvidas sobre suas origens. Até o dia em que perdem o pai, o que encoraja cada uma a cumprir o seu destino em busca do passado. Maia, a mais velha, é a primeira a procurar a verdade. Em meio às belezas do Rio de Janeiro, ela irá mergulhar em uma história de amor devastadora, sob os braços do Cristo Redentor.

A minha mais nova autora preferida, Lucinda é o máximo! Esse é o segundo livro que li dessa autora tão genial, a forma com que ela escreve, o jeito que coloca cada história em seu devido lugar, a inteligência em trazer o passado e o presente juntos. Eu estou simplesmente encantada com ela, não vou conseguir ficar sem ler seus livros, por favor Lucinda, escreva logo a sequência do livros As Sete Irmãs. Sim, vai ter continuação, o segundo livro é: A Segunda irmã, até então, pelo que sei, esse vai ser o nome da sequência do livro. Vocês precisam ler com urgência cada um dos seus livros, ela é extraordinária, vocês não vão se arrepender. 

IMG_20150120_233532

Bom, vamos começar com essa história linda de romance (suspiros)

Pa Salt, um homem generoso que adotou seis filhas, cada uma morava em um país diferente (vocês devem estar se perguntando, mas o nome do livro não é: As Sete Irmãs? Sim, aí que está o “x” da questão, a sétima irmã é um suspense que ainda não sabemos e que só vai ser revelado nos próximos capítulos), pois bem, o pai que cuidou tão bem das filhas, dando tudo do bom e melhor, com uma mansão, muito dinheiro e amor. Ele ficou muito doente e acabou falecendo. Mas, antes de morrer, ele deixou uma carta para cada uma de suas filhas, dando dicas de como tinham sido adotadas, mas, não falou diretamente como e onde, só deu pistas, caso elas não gostassem de saber qual era sua história passada, era só ignorar e seguir a vida adiante. Mas, Maia, a primeira filha adotiva, foi atrás do seu passado. E adivinha, foi adotada no Brasil, a história se passa no Rio de Janeiro, é genial como Lucinda trabalhou cada detalhe, falando do Cristo, das praias, das favelas, enfim, ela fez uma pesquisa profunda. 

Quando Maia começou a descobrir seu antepassado, tinha a história de Bel, Izabela, uma doce menina que teve um romance proibido e ao mesmo tempo perfeito com Laurent (aiai Laurent- suspiros). Um menino que não era rico, mais, tinha o dom para ser romântico. Bel, iria casar com Gustavo, um homem mais velho que o seu pai arrumou o casamento dos dois, mesmo Bel não gostando dele, teria que se casar mesmo assim, pois antigamente, era o que tinha que ser feito. O amor que liga Izabela a Laurent é lindo, intenso e proibido. A escritora vai esculpindo um belo texto palavra a palavra, valorizando o cenário encantador do Rio de Janeiro antigo e de Paris no final dos anos 20, com todo o romantismo sufocado pelas convenções sociais.

No livro, vamos começar com o presente e consequentemente conforme Maia vai descobrindo o passado da sua família, ela trás toda a história que se passava no Rio e em Paris. Quando pensamos que matamos a charada, vem outra história dando mais sentido ainda. O livro termina com um suspense que será sobre a segunda irmã, Ally.

Não tenho dúvidas que assim que você começar a ler os livros da Lucinda, com certeza vai ficar com um vício inexplicável pelas histórias dela, assim como eu. :D

Lucinda nos faz refletir sobre o amor, mesmo sendo como uma situação antiga, ela nos dá uma lição para enxergarmos o sentido da vida.

Espero ansiosa para a continuação do livro.

Frases do livro:

“Você é linda, minha querida Maia. Desejo tantas coisas para o seu futuro… Acima de tudo, desejo que encontre o amor. É a única coisa na vida que torna a dor de viver suportável. Por favor, lembre-se disso.”

Adeus, Laurent. Que Deus o abençoe
E começou a se afastar dele
Poucos segundos depois, sentiu uma mão em seu ombro.

20150120_161708IMG_20150120_133031IMG_20150115_003452IMG_20150120_132820Aqui nesse vídeo, Lucinda fala sobre suas próximas obras. Linda e simpática!