Dançando sobre cacos de vidro

DANÇANDO SOBRE CACOS DE VIDRONome do autor: Ka Hancock
N° de Páginas: 329

Sinopse: Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles. Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente. Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética. Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor. Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

Bom dia, leitores! Como estão? 

A resenha de hoje é incrível! O livro “Dançando sobre cacos de vidro” é uma história linda e ao mesmo tempo triste. Quem me indicou essa prazerosa leitura foram as meninas: Lidiane, Ana Carolina e a Priscila. Obrigada pela indicação, meninas! ♥ ♥ ♥

Poderia ficar olhando para a capa do livro durante horas. Depois que você lê o livro, sente como se conhecesse perfeitamente os personagens e principalmente a capa, que é simplesmente comovente. A história é linda, triste e ao mesmo tempo supera muitos desafios que a vida lhe dá.

Lucy Houston, juntamente com as suas irmãs, Lily e Priss, vivem preocupadas com um histórico familiar de câncer de mama. Lucy conhece Mickey Chandler que tem um grave transtorno bipolar, os dois acabam se casando e sabem , que isso não deveria acontecer, pois a dificuldade seria extrema. Mas, como o amor é mais forte que qualquer barreira, eles sedem isso ao destino, construindo um lar. Com muitas crises, Mickey às vezes se transforma em outra pessoa, alguém horripilante, mas Lucy é forte o bastante para suportar qualquer desafio que a vida dá. No seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. Mas, como nada na vida é perfeito, depois dessa notícia maravilhosa, Lucy vai descobrir algo que a deixa-rá arrasada. Mickey parece não suportar e não entende a decisão da sua amada, querendo por um fim na sua vida.

As irmãs, Lily e Priss são fundamentais na autoajuda da irmã. Lucy tem uma força invejada, simplesmente linda. Uma mulher guerreira que olha a felicidade dos outros antes de si mesma. Imagino o esforço que os dois tiveram – Lucy e Mickey, as barreiras que precisaram passar, as dificuldades, as tristezas e felicidades.

Dançando sobre cacos de vidro é uma história de amor delicada. Uma leitura fácil que você consegue imaginar cada passo dos personagens. Se preparem para as lágrimas, elas vão vir, pode ter certeza. 😉 Para quem gosta de livros de superação, amor incondicional, o livro é perfeito.

Frases do livro:

“– Lucy, todo casamento é uma dança: complicada às vezes, maravilhosa em outras. Na maior parte do tempo não acontece nada de extraordinário. Com Mickey, porém, haverá momentos em que vocês dançarão sobre cacos de vidro. Haverá sofrimento. Nesse caso, ou você fugirá ou aguentará firme até o pior passar.”

“(…) Quem junta os pedaços quando você desmonta?”

“Precisa dele tanto quanto ele precisa dela, e toda essa necessidade é o que Deus concede a nós, seres imperfeitos.”

“Ainda assim, minha rotina é a mesma — recebo a boa notícia, agradeço a Deus e sigo em frente com a minha vida. Mas só até chegar a hora de me preparar para a consulta seguinte e pesar mais uma vez as estatísticas, que são desoladoras.”

Dançando sobre cacos de vidro Dançando sobre cacos de vidro Dançando sobre cacos de vidro

Até a próxima! 🙂

Anúncios

Apenas um Dia

APENAS UM DIAAutora: Gayle Forman
N° de Páginas: 382

Sinopse: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos. Uma aventura fantástica e imprevisível, que emociona e desperta a imaginação.

Bom dia, leitores! Adoro fazer post de livros que são ótimos, sendo assim, hoje trago a incrível história do livro Apenas um Dia, da autora Gayle Forman, para quem ainda não conhece, ela escreveu o livro, Se eu Ficar que fez o maior sucesso, virou filme e tudo, (para quem quiser, a resenha está aqui: Se Eu Ficar ). E, fico muito feliz por não me decepcionar com nenhum livro dela, até o momento. Apenas um Dia é uma história cativante, que nos prende com a leitura, algumas páginas (que são poucas) que ficam chatas, mas depois, compensa. O livro tem continuação, não vejo a hora de ler (já pedi o meu e estou esperando chegar, CHEGA LOGO! Ahaha).

Como de praxe, a autora conta a história de uma garota e um rapaz, mas, aqui as coisas mudam um pouco, não temos um final feliz, ou podemos dizer, quase feliz.

Allyson Healey é uma garota organizada e inteligente que estava fazendo um curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem, um jovem ator que estava apresentando uma peça do Shakespeare. Depois da apresentação, cada um foi para um lado, e, como um acaso ou destino, os dois se encontram novamente no trem. Conversa vai, conversa vem e os dois decidem ir para Paris e passar apenas um dia. Como num sonho, Allyson que passou a se chamar Lulu, se diverte como nunca e se encanta cada vez mais com o desconhecido ator Willem, mas como num passe de mágica, tudo isso acaba.

Allyson volta para a realidade, deixando a sua aventura para trás, deixando Willem para trás, deixando Paris para trás. Uma história sem fim e com muitas perguntas não respondidas. Depois que Allyson voltou, ela se transformou em outra pessoa, uma menina rebelde e sem papas na língua. Mas como o amor é maior e mais forte, ela vai ter coragem de enfrentar Paris novamente e tentar responder as perguntas sem respostas que foram feitas há um ano.

Além dos personagens principais, temos outros que fizeram o livro ficar divertido:

Dee: Um garoto que estuda com Allyson e que vai deixar os seus dias mais alegres e interessantes;
Céline: A francesa irritante que deixa Allyson morrendo de ciúmes e raiva;
Melaine: A melhor amiga de Allyson, pelo menos durante um tempo, mas, como tudo muda, a amizade delas também fica diferente.

Como sempre, a autora deixa um final, tipo… Ohhh! Com um ponto de interrogação, ou exclamação. Vontade de ler urgentemente o outro livro para saber o que vai acontecer, como essa história vai acabar. Conforme as páginas vão passando, nos apaixonamos cada vez mais pelos dois, nos apegando à Allyson e Willem. Adorei o livro e super-recomendo essa história fascinante que nos ensina a não desistir dos nossos sonhos e muito menos do nosso amor, se temos algo que queremos muito, vamos atrás, não sabemos o que vamos encontrar, mas temos uma possibilidade gigante de dar tudo certo.

Frases do livro ♥

“- Por ora, o tempo não existe. É o que Jacques disse… fluido?
– Fluido – repito, como um encantamento. Se o tempo pode ser fluido, então talvez algo que seja apenas um dia possa continuar para sempre.”
“Parte de mim sabe que mais um dia não servirá para nada além de postergar o coração partido. Mas outra parte de mim pensa diferente. Nascemos em um dia. Morremos em um dia. Podemos mudar em um dia. E podemos nos apaixonar em um dia. Qualquer coisa pode acontecer em um dia.”

DSCN7543 DSCN7542

Até a próxima! 🙂 

Como eu era antes de você

Download-livro-Como-Eu-Era-Antes-de-Voce-Jojo-Moyes-em-Epub-mobi-e-PDF

Autora: Jojo Moyes
N° de Páginas: 320

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Bom, posso começar dizendo que eu era muito feliz… não, não os personagens, sim… eu, eu era feliz… 😦 Gente, que livro é esse! Estou maravilhada, encantada e muito feliz por ler uma história surpreendente. Depois de ler muitos comentários fantásticos do livro, eu não aguentei, tive que ler. A história inteira cativa e te prende à leitura, eu só tenho elogios para a autora desse livro, parabéns, Jojo Moyes! Bom, o final… ah, o final… eu chorei, sim, sim, sim… 😦

A história é assim:

A querida e desastrada, Louisa Clark tem inúmeros defeitos e qualidades e apesar de ter 27 anos, ela não tem muita vontade de seguir em frente, sempre com uma vida monótona, ela vive com os pais numa pequena casa, o dia a dia se resume em: pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Clark trabalha como garçonete num café da cidade, apesar de receber pouco pelo emprego, ela consegue ajudar em casa com os gastos. Louisa namora, Patrick, um triatleta que se preocupa somente com a sua autoestima e suas corridas, deixando, Lou de lado.

Certo dia o café fecha e Louisa fica sem emprego, desesperada, não pode ficar sem uma renda mensal, pois precisa ajudar em casa. Depois de muitas tentativas sem vitórias, a ex-garçonete consegue um trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que os dois ainda não sabiam, é que eles iam embarcar numa tremenda vida com emoções e desafios. Louisa iria mudar a vida de Will para sempre, e ele, a dela.

Jojo Moyes foi brilhante com essa história, ela escreveu de forma fácil de entender, fez com que nós, leitores, pudéssemos ver a cada página o que estava acontecendo. Como eu era antes de você foi o meu primeiro livro da autora, e confesso, fiquei superfã dela, quero ler os outros e me emocionar assim como esse. E já digo, vocês vão chorar muito com o final do livro… 😉 

Boa leitura, galerinha! 

Frases do livro ♥♥♥

A finalidade da música é fazer com que você se desligue do mundo 

Seu corpo era apenas uma parte do pacote completo, algo para se lidar de vez em quando, em intervalos, antes de voltarmos a conversar. Para mim, tinha se tornado a parte menos interessante dele. Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.

– Fale com ele, pelo amor de Deus. Claro que ele se sente infeliz. Está preso a uma maldita cadeira de rodas. E você certamente está sendo inútil. Apenas fale com ele. Conheça-o. Qual a pior coisa que pode acontecer?

tumblr_n08318rDvA1rv1jc4o1_500

Livro conectado ao corpo transmite as emoções dos personagens para você

Olá, galerinha! Olhem só que genial essa matéria que a Revista Galileu postou.

livro_vestivel

Se você achava que simplesmente por te fazer chorar um livro já tinha mexido com as suas emoções, vai ficar impressionado com o que pode ser o futuro da leitura. Pesquisadores do Laboratório de Mídia do MIT (Massachusetts Institute of Technology) acabaram de criar uma obra vestível.
Ela é maior do que os livros com que estamos acostumados e tem como objetivo fazer com que você viva os sentimentos dos personagens enquanto lê a história. O projeto foi batizado de Ficção Sensorial
O objetivo é fazer com que você viva os sentimentos dos personagens enquanto lê.
Trata-se de uma obra repleta de sensores e ligada a uma espécie de colete que você usa durante a leitura. À medida que a trama se desenrola, o dispositivo produz sensações físicas para imitar as emoções dos personagens.
O protagonista está deprimido? 100 luzes de LED na capa do livro irão se ajustar para criar uma iluminação que reflita aquele humor. Assustado? Sacos de pressão de ar no colete se contraem e você é apertado. Feliz? Padrões de vibração que influenciam a sua frequência cardíaca podem fazer seu coração bater mais rápido.
Os cientistas não são os únicos a brincar com a possibilidade de livros eletrônicos. A Disney já fez experiências com obras de realidade aumentada, em que imagens digitais interagem com objetos tangíveis.

(fonte: Revista Galileu )

Para onde ela foi

119919840_1GGAutora: Gayle Forman
N° de Páginas: 239

Primeiramente quero fazer uma ressalva: Gayle, porque não colocou a foto do Adam na capa? 😦 Sério, acho que ficaria tão mais lindo e romântico. Sei lá, como a história é na versão dele, poderia, com certeza ficaria mais interessante. Ok, isso é só um detalhe, ahaha!

Para quem ainda não leu o livro: Se eu ficar, tem que ler ele antes para entender: Para onde ela foi, pois é uma continuação do livro Se eu ficar. Para quem quiser saber mais sob ele, é só clicar aqui: Resenha: Se eu ficar . Bom, depois de ficar perdidamente apaixonada pela primeira obra de Gayle Forman, agora estou loucamente apaixonada pelo segundo livro dela! Foi genial a forma que ela trabalhou a continuação do livro. Adam falando como as coisas aconteceram, como tudo ocorreu com ele, tudo, do jeitinho dele. Não tenho dúvidas que a autora entrou na minha lista de preferidos. Já vi que vai ter outro livro dela e não vejo a hora da estreia e poder ler. Bom, vamos para a história desse livro lindo e romântico.

Diferente do primeiro livro, que foi guiado por Mia, agora é a vez de Adam contar a história. Para onde ela foi é narrado em primeira pessoa pelo Adam e por isso temos a chance de conhecer e nos apaixonar ainda mais por esse roqueiro romântico, querido e, digamos que, perfeito! A história se passa depois de 3 anos após o terrível acidente que matou a família de Mia: seu pai, seu irmão e sua mãe. Infelizmente, os dois  – Mia e Adam ficaram distantes desse amor tão resistente. O trauma deixou sentimentos sem cura no coração deles.
No decorrer das páginas, Adam conta sua versão, como tudo aconteceu, como foi quando ele viu Mia pela primeira vez, suas manias e como tudo mudou durante esse tempo distante do seu verdadeiro amor. Adam namora Bryn, mas não com a intensidade, força e animação como quando era com Mia. As coisas são diferentes, mas ele vai levando a vida.

Mia foi para Juilliard e hoje é uma conceituada violoncelista e desde que se matriculou na universidade, nunca mais falou com Adam. Não houve uma explicação, uma despedida, nem mesmo um telefone. Ela simplesmente se afastou e Adam entendeu que era o fim.

Adam virou um roqueiro famoso e seguido por jornalistas e fãs enlouquecidas. Depois de “superar” a difícil fase da sua vida, ele se ergue e tenta seguir em frente. A Shooting Star, banda de Adam, estoura nas paradas, ganha diversos prêmios e têm um agenda de shows lotada.

Mas, como o destino é sempre o destino, os dois vão se reencontrar e colocar os pingos nos “is” e esclarecer de uma vez por todas o que aconteceu com eles. Porque se distanciaram assim.

Uma história que vai fazer você suspirar – assim como eu (ahaha). Super recomento, é um livro que te chama cada vez mais para dentro das palavras. Além das páginas serem agradáveis e as letras ótimas para não cansar nossos olhos. E agora eu olho para o livro e penso, que pena que acabou, mas espero que venha o filme, estarei super ansiosa para ver!

Frases do livro:

“Mas no dia seguinte não havia e-mail dela. – “Desculpa ligar tarde. Brava comigo?” – mandei uma mensagem.”

“Quando acordo, a luz está inundando o apartamento, e eu me sinto renovado que por um segundo tenho a certeza e que dormi por doze horas e perdi o voo.”

“A energia do ar mudou, é como se você pudesse sentir os íons dançando. – Eu ainda acordo toda santa manhã e por um segundo esqueço que não tenho mais família. Então eu me lembro. Sabe como é? Seguidamente. Teria sido muito mais fácil… – E de repente seu semblante calmo se parte e ela começa a chorar.”

1417713649902 1417713773003_resized1417713731467

Beijinhos galera, boa leitura e até a próxima! 

Se eu ficar

if-i-stay-poster-2Autora: Gayle Forman
N° de páginas: 224

Ainda estou perdidamente apaixonada por esse livro! Como pode uma simples história fazer a gente suspirar e ao mesmo tempo sorrir. Eu ainda não tinha ouvido falar nele até ver um cartaz o cinema, aí tive que comprar! Pelos comentários maravilhosos não poderia ler antes de assistir, dito e feito! Li o livro, mas perdi o cinema ahaha. Ainda não assisti o filme, mas o importante é que li essa história magnífica. Sem tirar e nem por, cada letra, cada página, tudo simplesmente perfeito, quanto mais você lê, mais quer ler e se envolver.

Vamos para a resenha do livro!

Todos têm um hobby, uma paixão, não é mesmo? Pois é, Mia é uma menina apaixonada pelo seu violoncelo, ela se encantou por música clássica e começou a aprender a tocar desde cedo. Com 17 anos, é uma violoncelista muito talentosa. Seus pais são carinhosos, seu irmão mais novo – Teddy – é um doce, sua melhor amiga – Kim – é bastante fiel e seu lindo namorado – Adam – extremamente apaixonado. Tudo estava indo tão bem, até certa manhã, Mia, seus pais e seu irmão, resolveram sair para um passeio, o dia estava frio e com muita neve. A alegria estava contagiante, até… o acidente que mudaria a vida de todos completamente. Após a batida do carro, Mia se da conta que está longe no acostamento, não sangra e não tem dores, quando ela percebe, seus pais e Teddy ainda estão dentro do carro numa situação extrema de socorro, e quando ela chega mais perto, se da conta que ela também está ali, muito machucada… como assim? Pois é, a alma dela estava fora do corpo. Mia tem que fazer uma batalha para conseguir ficar ou desejar ir, pois as suas forças estão se acabando.

No decorrer das páginas, vamos entendendo o passado e o presente de Mia, como era e é, o dia a dia dela. Como ela conheceu o seu namorado Adam – que é músico e sua banda está começando a fazer sucesso o suficiente para mantê-lo ocupado. Com o coração dividido, a jovem está determinada a seguir seu sonho, mas não consegue se imaginar abrindo mão de viver esse amor. Sua melhor amiga que no começo eram quase inimigas e agora inseparáveis. Também a vovó e o vovô de Mia são personagens queridos nessa história, eles são uns fofos e ajudam na decisão se Mia continua nesse mundo ou deixa levar.

A autora cativa tanto você para dentro do livro, que faz com que nós terminamos de ler num piscar de olhos, sim, realmente é verdade. A história é feita de forma simples, mas cativante. Somente o final, ahh… o final me deixou com uma curiosidade extrema, não vejo a hora de poder ler Onde ela foi,  é a versão do Adam, contando tudo o que aconteceu, mas focando no que veio depois da decisão de Mia. Espero acabar em breve com essa curiosidade!

Bom, eu super indico Se eu ficartenho certeza que você vai amar, assim como eu!

Frases do livro: 

Adam, ela está ali! – ela grita, depois se vira para mim, enquanto o grito morre em sua garganta. – Ela está aqui – diz ela de novo, mas desta vez com um gemido.

Pai?
O quê?
Posso te perguntar uma coisa?
Sempre.
Você está triste porque saiu da banda?

20141010_103257 20141010_103310

Até a próxima! 🙂

Will & Will – Um nome, um destino

Will & Will - Um nome, um destino Autor: John Green, David Levithan
Nº de páginas: 348

Mês passado estive passeando no Paraná, passei por Foz do Iguaçu e fui até o shopping de lá, encontrei uma livraria enorme e linda! Fiquei boba com tantos livros, e no meio de tantos, achei esse: Will & Will – Um nome, um destino, na verdade, a capa não chamou a minha atenção, nem o nome, mas, o autor sim. John Green, o meu querido e favorito Green. Mas, essa alegria toda, acabou quando cheguei quase na metade do livro, achei ele um pouco confuso, até entender aonde o autor estava querendo chegar. Acho que ele deveria ser um pouco mais específico, deixar a gente compreender mais o que ele queria passar. E confesso, que de todos, esse foi o que eu menos gostei. Fico triste, porque realmente, gosto tanto dos livros dele. Claro que no livro teve várias partes que ri sozinha – como de costume do Green, colocar palavreados e frases que nos façam dar risadas extremas. Mas, não foi o suficiente, acho que faltou uma pitada de… emoção, imaginação, ou sei lá mais o quê. 

 

Mas, vamos para o resumo do livro!

Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra… Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.

Will e Will é um livro narrado em primeira pessoa, pelos dois Will Grayson, sendo alternado um capítulo para cada um, onde cada um fala sobre o seu dia a dia (para que vocês entendam e não fiquei perdidos igual a mim).
A principio, o primeiro Will Grayson faz um resumo de sua vida pacata e de seus poucos amigos, que na verdade, se resume ao total de um amigo, Tiny Cooper, que faz pouco tempo assumiu ser gay – Tiny é muito fofo! Tenho certeza que vão gostar dele, o garoto corpulento, atleta do time da escola e gay, um menino fabuloso, que sempre faz tudo para que todos a sua volta estejam felizes. Tiny, é a vida do livro, é o riso e o colorido, é o drama e a força. Tiny é Tiny e é fabuloso.  Depois Jane também entra nessa história maluca – autoritária e cheia de graça. 
Will só é uma pessoa diferente quando está conversando com Isaac, seu amigo virtual pelo qual ele se vê apaixonado e correspondido. Isaac é seguro e de certa forma é uma luz no fim do túnel para Will, mas, ele é apenas um amigo virtual, e Will precisa que ele seja real, que ele esteja a seu lado, o que não quer dizer que realmente será algo bom para ele. Pois é, Isaac, Isaac… é nessa hora que vocês vão ter uma surpresa!
 
Gostaria de mais opiniões sobre o livro, ou será que fui só eu que não gostei? O que você achou?
 
Frases do livro
 
“sigo pro computador e é como se eu me transformasse em uma garotinha que vê seu primeiro arco-íris.”
 
“vivo constantemente dividido entre me matar e matar todos à minha volta.”
 
“A verdade pura e simples.
Raramente é pura e nunca simples de fato.
O que um garoto pode fazer
Quando mentira e verdade são ambas pecado?
– Oscar Wilde (musical de Tiny Cooper).”
 
“– Quem é você?

Eu me levanto e respondo.
–Hã, eu sou Will Grayson.
– W-I-L-L G-R-A-Y-S-O-N? – pergunta soletrando impossivelmente rápido.
– Hã, sim – digo – Por que a pergunta?
O garoto me olha por um segundo, a cabeça inclinada como se pensasse que eu poderia estar passando um trote nele. Então finalmente diz:
– Porque eu também sou Will Grayson.”
 
20140806_132921
 

 
 
 
 
Até a próxima!